Condomínios têm maioria de moradores a favor da regularização

19.09.2019

 

 

O prazo do edital de regularização da Urbanizadora Paranoazinho (UP) termina neste sábado, dia 21 de setembro. Os quase 90 dias de prazo do edital permitiu que boa parte dos moradores da fazenda Paranoazinho assinassem o seu contrato pela regularização fundiária, que garantiu valores promocionais bem abaixo dos preços praticados no mercado.

 

A procura durante os últimos meses permitiu que o percentual de assinatura de vários condomínios aumentasse. O condomínio Residencial Sobradinho II, localizado no setor Contagem, foi o primeiro da região da Fazenda Paranoazinho a alcançar os 100% de moradores que optaram pela regularização dos seus lotes.

 

Síndico do condomínio Residencial Sobradinho, Pedro lago afirma que acontecimento é fruto de um processo de transferência e diálogo que vem sendo já a algumas administrações com relação à regularização. Pedro destaca que “esse resultado só ocorreu por conta da transparência e do preparo da Administração de nosso Condomínio para tirar dúvidas dos moradores.

 

O síndico também acredita que o interesse dos moradores por achar uma solução para o assunto contribuiu para que o parcelamento alcançasse a marca. “O interesse dos moradores pela regularização do condomínio facilitou o processo, graças a coragem da comissão negociadora com as tratativas com a UP, sempre deixando os condôminos cientes acerca da negociação”, avalia.

 

No mesmo setor habitacional, os condomínios Vivendas Beija-Flor e Residencial Serra Dourada estão próximos de atingir a mesma marca. Atualmente os dois parcelamentos possuem mais de 90% de seus moradores com contratos assinados com a UP.  Síndica do Residencial Serra Dourada, Joseite asevêdo afirma que a alta adesão foi resultado do esforço do conselho do condomínio para entender o assunto e informar os moradores. “Após chegarmos à conclusão de que este era o caminho mais rápido e correto a seguir, nosso conselho condominial entrou em contato individualmente com cada morador para explicar o processo e convidá-lo a fazer a assinatura de contrato”.

 

Joseite informou que a negociação com a empresa se mostrou como a alternativa que passava mais segurança para todos os condôminos. “Pesamos os pontos positivos e negativos de assinar o contrato com a empresa. Percebemos que a judicialização do processo traria uma insegurança para todos nós, além de nenhuma certeza. Por isso que quase 100% do nosso condomínio optou pelo acordo”.

 

Os condomínios já tinham negociado com a Urbanizadora antes da abertura do Edital, entretanto foi após a divulgação do documento que a adesão chegou mais próxima da totalidade de moradores.

 

De acordo com o diretor-presidente a UP, Ricardo Birmann, com o final do prazo do Edital, a Urbanizadora encaminhará todos os processos de regularização para avaliação dos órgãos técnicos do Governo do Distrito Federal (GDF). “A partir do dia 23 de setembro, vamos encaminhar todos os processos dos 44 condomínios ainda não regularizados na nossa área para avaliação do GDF”, declara.

 

 O número de adesões, explica o diretor, será o critério utilizado pela empresa para elencar a prioridade para envio dos processos ao governo. “Iremos encaminhar ao governo primeiro os condomínios com maior adesão ao processo, utilizando esse critério para organizar ordem de prioridade para regularização. Portanto, os parcelamentos com maior adesão receberão a escritura primeiro”, afirma Birmann.

 

O edital ainda está em vigor, mas sábado é o último dia para o encerramento do prazo para assinatura de contratos com os valores promocionais. A partir do dia 22 de setembro, a Urbanizadora cobrará valores de acordo com o que estabelece o mercado imobiliário da região.

 

Compartilhe
Please reload

Please reload

Se você tem uma sugestão de matéria para o Jornal Nosso Bairro, mande uma mensagem pra gente que nós iremos apurar. 

É só preencher o formulário abaixo.

© 2018 por Jornal Nosso Bairro

61 3226-6000

@nossobairro3.0

@nossobairro3.0

61 98406-5321

Márcio Caetano