Barriga Cheia e sorriso no rosto por apenas R$ 1,00

01.11.2019

 

Uma refeição saudável e bem servida por apenas R$ 1 real. Esse é o valor que os moradores de Sobradinho II pagam para poder almoçar no Restaurante Comunitário Instalado na Região Administrativa. Um ambiente arejado, limpo e organizado, capaz de receber até 500 pessoas de uma só vez. A unidade funciona de segunda a sábado e serve cerca de 1400 refeições por dia. O Jornal Nosso Bairro foi ao Restaurante Comunitário provar da comida servida e verificar de perto a qualidade do serviço prestado à comunidade.

 

 

Para ter acesso ao local, a primeira coisa que se deve fazer é comprar uma ficha no caixa. Pelo valor de R$ 1, é possível ter acesso ao prato de comida do estabelecimento. Existe também a opção de marmita, caso a pessoa prefira levar a comida para casa. Não existe um limite de fichas por pessoa, logo a pessoa pode comprar marmitas para outras pessoas além dela.

 

 

Visitamos o Restaurante por volta das 13h. Na fila, aproximadamente 40 pessoas aguardavam para entrar no lugar. Assim que chegamos ao balcão, entregamos a ficha de entrada e logo em seguida recebemos um prato, com bandeja e talheres.

 

 

As opções de alimentação mudam todos os dias. Na data da visita, além do tradicional arroz e feijão, também havia duas opções de carne (frango e porco), duas opções de salada (repolho e pepino com beterraba), além do suco natural e uma fruta de sobremesa.

 

 

A refeição é bem servida pelos funcionários, atendendo até as pessoas de maior apetite. O local, cercado por janelas cobertas com tela mosquiteira, oferece um clima arejado até em dias mais quentes, como foi o nosso caso. Sentamos em uma das cumpridas mesas do lugar, bem limpas e sem sinais aparentes de tempo.

 

 

A refeição é de boa qualidade. Os temperos são suaves e a quantidade de sal é adequada. O valor pago é simbólico, já que a unidade é mantida prioritariamente com recursos do Governo de Brasília. Mas para as famílias carentes da região, a opção de um restaurante barato e de boa qualidade é de suma importância para economizar um pouco com os gastos de alimentação.

 

 

O instalador de fibra ótica Marcelo Rodrigues conta que sempre costuma comer nas unidades de todo o Distrito Federal. Morador de Ceilândia, Rodrigues afirma que o serviço e a qualidade da comida são especiais. "Eu trabalho em várias partes do DF, e sempre que tenho a oportunidade de almoçar em um desses restaurantes, não penso duas vezes”.

 

 

Deivid Novaes é morador de Sobradinho II e conta que almoça na unidade da região todos os dias. Na visão do morador, "o restaurante possibilita que as pessoas tenham uma refeição de qualidade sem precisar gastar muito com isso."

 

 

Ao todo, 14 restaurantes estão em funcionamento no DF. Todas as unidades servem somente almoço, com exceção do restaurante do Sol Nascente que também possui a opção de Café da Manhã, por R$ 0,50.

 

Compartilhe
Please reload

Please reload

Se você tem uma sugestão de matéria para o Jornal Nosso Bairro, mande uma mensagem pra gente que nós iremos apurar. 

É só preencher o formulário abaixo.

© 2018 por Jornal Nosso Bairro

61 3226-6000

@nossobairro3.0

@nossobairro3.0

61 98406-5321

Márcio Caetano