PUBLICIDADE:

Vendas no varejo do DF caem 22,3 %, menor em 20 anos



As vendas do comércio varejista no Distrito Federal despencou cerca de 22,3% no mês de abril, a pior média em 20 anos, segundo dados divulgados pelo Instituto Brasileiro de Geografia Estatística (IBGE). Em relação ao mesmo mês de março,a queda foi de 16,6%.


No Brasil, de acordo com o IBGE, o setor apresentou queda de 16,8%. A principal atividade afetada foi o comércio de tecidos, vestuário e calçados, que recuou mais de 60% no país.


O índice de volume de vendas no comércio varejista no DF, em abril comparado ao mesmo mês do ano anterior, apresentou maior queda para tecidos, vestuários e calçados (-87,1%, 2° pior % entre as UF’s analisadas), seguido por livros, jornais, revistas e papelaria (-75,5%), e apenas hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo obtiveram resultado positivo (13,8% e melhor resultado entre as UF’s analisadas). Mostrando os impactos do isolamento social vivenciado durante a pandemia de COVID 19 na capital brasileira.


Sete das oito atividades pesquisadas tiveram quedas


Na série com ajuste sazonal, na passagem de março para abril de 2020, houve quedas em todas as oito atividades pesquisadas: Tecidos, vestuário e calçados (-60,6%), Livros, jornais, revistas e papelaria (-43,4%), Outros artigos de uso pessoal e doméstico (-29,5%), Equipamentos e material para escritório, informática e comunicação (-29,5%), Móveis e eletrodomésticos (-20,1%), Artigos farmacêuticos, médicos, ortopédicos, de perfumaria e cosméticos (-17,0%), Combustíveis e lubrificantes (-15,1%) e Hipermercados, supermercados, produtos alimentícios, bebidas e fumo (-11,8%).

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

20200603_anuncio_GDF.png
Caminito_300x300.jpg

Receba nossa newsletter

Jornal Nosso Bairro é um jornal da Editora Nosso Bairro

Siga o JNB:

  • Instagram JNB
  • Facebook JNB
  • Youtube JNB

Endereço

SCS, Quadra 7, Bloco A, 100

Edifício Torre Pátio Brasil

12º andar - Sala 1221

CEP 70307-902

Email:

Telefone: