PUBLICIDADE:

Sejus e Sesc fazem parceria para atender socioeducandos do DF

Uma das ações previstas é a visita da carreta odontológica em todas as unidades de internação


Atendimento odontológico, atividades esportivas, práticas culturais e artísticas. Essas são as ações que os adolescentes do Sistema Socioeducativo do Distrito Federal terão acesso com a parceria formalizada, nesta terça-feira (31), entre a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) e o Serviço Social do Comércio (Sesc/DF) para atender os socioeducandos das unidades de internação, semiliberdade e meio aberto. A assinatura do documento ocorreu no gabinete do secretário da Sejus, Jaime Santana, com a presença do presidente da Fecomércio, José Aparecido da Costa Freire, e do diretor regional do Sesc-DF, Valvides de Araújo Silva.


Uma das ações previstas é a visita da carreta odontológica em todas as unidades de internação, onde os adolescentes receberão atendimento para remoção de cáries, restaurações, limpeza e pequenas cirurgias (extrações). Serão realizadas ainda palestras e atividades educativas, visando a prevenção de doenças e a promoção da saúde bucal dos adolescentes.


“Essa parceria foi articulada pela nossa então secretária Marcela Passamani para fortalecer o atendimento socioeducativo do DF. Agora, vamos trabalhar juntos para levar a esses adolescentes a garantia de direitos essenciais, como saúde, esporte e lazer”, destacou o secretário. O presidente da Fecomércio também reforçou a importância desse acordo para o processo de ressocialização. “Tudo o que a gente faz de trabalho social visando a recuperação de jovens é extremamente importante. Inicialmente, vamos oferecer odontologia e outros serviços de acordo com a demanda da Sejus e a nossa disponibilidade, garantido que os adolescentes tenham à sua disposição o melhor serviço que o Sesc possa prestar”, completou Freire.


O Sesc receberá os adolescentes em suas instalações, especificamente na unidade do Guará, para participação nas atividades de esporte, lazer, cultura, assistência social e saúde, com o objetivo de contribuir para a qualidade de vida e desenvolvimento de habilidades sociais dos participantes. Com isso, os socieducandos terão acesso a natação, futebol, futsal e tênis. Além disso, estarão disponíveis as oficinas voltadas para linguagem e prática de atividades culturais, entre elas o grafite, teatro e musicalização.

PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
Banner Solino.png
Gif-01.gif
quadrado_quasar.png

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE: