Papai Noel dos Correios completa 30 anos em 2019


Foto: Rovena Rosa/Agência Brasil

O espírito natalino fala de amor ao próximo e promover o bem. Faltando menos de um mês para o Natal, aqueles que querem realizar os sonhos de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social podem começar a se organizar. Começou no último dia 4 de novembro a Campanha Papai Noel dos Correios. Os adultos que quiserem participar do projeto podem adotar as cartinhas daqueles que escrevem diretamente ao ‘Bom Velhinho’ ou dos estudantes da rede pública da capital federal.

A iniciativa solidária se estende até dezembro deste ano. Para fazer o Natal de um menino ou menina especial e mágico, basta se deslocar aos pontos de entregas da entidade. Em 2019, a expectativa dos Correios é atender 20 mil crianças, que cursam até o 5º ano da rede pública, ou que são assistidas por instituições parceiras, como creches, abrigos, orfanatos e núcleos socioeducativos.

De acordo com a assessoria de comunicação dos Correios, a iniciativa é uma das mais importantes campanhas filantrópicas do país, que neste ano comemora 30 anos. “É um dos principais símbolos da fraternidade natalina do nosso país. Tudo começou com a iniciativa voluntária de alguns dos nossos empregados, que tomaram para si a missão de presentear crianças que escreviam cartas aos Correios, que eram endereçadas ao ‘Bom Velhinho’”, destacou.

O crescimento do projeto só é possível pela solidariedade. “Contamos com diversos padrinhos Brasil afora e, acima de tudo, porque continuamos a contar com o empenho e a generosidade. Todos nós já fomos criança um dia e sonhamos com a visita do Papai Noel. Por isso, sabemos o valor de tirar um sonho do papel e transformá-lo em um sorriso. De levar esperança para a vida de quem, muitas vezes, passa por dificuldades bem maiores do que o seu tamanho poderia suportar”, destacou o presidente dos Correios, general Floriano Peixoto.

#papainoel #Correios #Natal #MAISNOTÍCIAS

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
anuncio_psg_retangulo.jpg

© 2018 por Jornal Nosso Bairro

61 3226-6000

@nossobairro3.0

@nossobairro3.0

61 98406-5321

Márcio Caetano