Governo de Brasília Inaugura Parque Tecnológico (Biotic)


Foi inaugurado nesta quinta-feira (21) o Edifício de Governança do Biotic — Parque Tecnológico. O espaço de mais de 12 mil metros quadrados deve abrigar instituições de ensino voltadas para a tecnologia, empresas do ramo e startups. Além do Governador Rodrigo Rollemberg, estiveram presentes o Júlio Cesar Reis, presidente da Terracap e o presidente da Embrapa Maurício Lopes.

O espaço deve abrigar instituições de ensino voltadas para a tecnologia, empresas do ramo e startups. A cerimônia ocorreu nesta manhã, no edifício da Biotic SA, entre a Granja do Torto e o Parque Nacional de Brasília. Aproximadamente R$ 40 milhões foram investidos, sendo R$ 36 milhões da Fundação de Apoio à Pesquisa do Distrito Federal (FAP-DF) e R$ 4 milhões da Financiadora de Estudos e Projetos (Finep), do governo federal.

Júlio Cesar Reis, presidente da Agência de Desenvolvimento do Distrito Federal (Terracap) salientou a importância da característica Bio adotada pelo Biotic. Segundo o presidente “A junção da biotecnologia e da tecnologia da informação e comunicação potencializa aquilo que Brasília tem de melhor, que é o nosso povo. Biotecnologia é uma vocação do DF. Hoje, 40% de nossos mestres e doutores atuam nessa área”, afirma.

De acordo com o governador Rodrigo Rollemberg, o Biotic tem potencial para mudar a matriz econômica do DF. “Vamos associar duas áreas que são fronteiras do conhecimento, a biotecnologia e a tecnologia da informação, para criar uma bioeconomia, que é o futuro e deve trazer muita riqueza para Brasília”.

Rollemberg defendeu que Brasília se encontra em uma posição estratégica para novas pesquisas no ramo de biotecnologia, ressaltando a importância que a Embrapa possui para a consolidação do Parque. “Nós estamos em uma realidade onde as pesquisas estão focadas no clima. Hoje, temos grandes empresas interessada em desenvolver pesquisas em ambiente tropical, e não existe uma instituição de maior reputação nesse campo do que a Embrapa”, comenta.

No edifício, há espaço reservado para a instalação da Empresa Brasileira de Pesquisa Agropecuária (Embrapa). O prédio tem 12 mil metros quadrados de área construída, dividida em dois blocos. O pavimento térreo do Bloco B está ocupado pelo SebraeLab, voltado para estimular a criatividade e a inovação de empreendedores.

O segundo andar será usado por instituições de apoio à ciência e tecnologia, como o Instituto Federal Brasília (IFB) e empresas consolidadas de base tecnológica. Cinco empresas selecionadas por meio da Biotic S.A. e a área da Agência de Desenvolvimento do DF (Terracap) criada para o desenvolvimento do parque tecnológico já ocupam o prédio.

Já funcionavam no parque tecnológico os datacenters do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal e uma subestação da Companhia Energética de Brasília (CEB).

#BioTIC #tecnologia #ParqueTecnológicodeBrasília #RodrigoRollemberg #Biotecnologia #Brasília

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
anuncio_psg_retangulo.jpg

© 2018 por Jornal Nosso Bairro

61 3226-6000

@nossobairro3.0

@nossobairro3.0

61 98406-5321

Márcio Caetano