PUBLICIDADE:

GDF multa ministro da educação Abraham Weintraub por não usar máscara

Atualizado: 17 de Jun de 2020




O Governo do Distrito Federal multou nesta segunda-feira (15) o ministro da educação Abraham Weintraub, no valor de R$ 2 mil, por andar nas ruas da capital sem usar a máscara de proteção, medida obrigatória estabelecida pelo decreto 40.648, de abril deste ano.


O ministro da educação participava de ato junto a apoiadores do presidente Jair Bolsonaro, na Esplanada dos Ministérios, no último domingo (14/06), descumprindo também o Decreto de fechamento da Esplanada, publicado no sábado (13).


O uso do item de proteção é obrigatório em áreas públicas da capital desde o dia 30 de abril. Quem for flagrado sem o acessório pode ser multado em até R$ 2 mil, além de responder pelo crime de infração de medida sanitária. A pena, neste caso, pode chegar a um ano de prisão.


Além de Weintraub, apoiadores do presidente que participavam da manifestação não utilizavam máscaras. Durante o ato, Weintraub provocou aglomeração, cumprimentou, tirou fotos e abraçou as pessoas.


No Twitter, o ministro afirmou que não foi notificado, e que a multa é mais uma tentativa de calá-lo "Recurso-me (sic) a acreditar que seja verdade. Não fui notificado. Parece que fui o único a ser multado até hoje! Além disso, vazaram para a imprensa meu CPF e RG. Querem me calar a qualquer custo!", declarou.


PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
Banner Solino.png
Gif-01.gif
quadrado_quasar.png

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE: