PUBLICIDADE:

Doações de leite materno cresceram quase 10%

Apesar da boa notícia, Secretaria de Saúde alerta para a continuidade do serviço para atender novas demandas




Os bancos de leite humano do Distrito Federal coletaram de janeiro a maio 7.449,1 litros do alimento. O total representa um aumento de 9,45% em relação ao mesmo período do ano passado. Com isso, foi possível atender 10% a mais de receptores, ou seja, crianças que precisam do leite humano.


Apesar do aumento, a coordenadora dos Bancos de Leite Humano do DF, a médica Miriam Santos, destaca que o estoque varia muito e que as doações precisam continuar para manter os bancos abastecidos e salvar a vida dos bebês que precisam do alimento. “O aumento é positivo, mas quero pedir que as doações continuem, pois quanto mais leite coletarmos, mais crianças vamos conseguir atender”, pontua.


O Posto de Coleta de Samambaia foi o que se destacou em visitas domiciliares para o recolhimento dos potes. O local atende as regiões de Samambaia, Recanto das Emas, Riacho Fundo II e Santo Antônio do Descoberto. “Houve uma grande procura das mulheres dessas regiões. Queremos agradecer pelo gesto que ajuda a salvar tantos bebês”, agradece a médica.




Além disso, ela reforça que todas as mulheres que estão amamentando são potenciais doadoras. A orientação para aquelas que quiserem doar, é ligar para o telefone 160, opção 4 ou acessar o site Amamenta Brasília e se inscrever. As equipes do Banco de Leite Humano entram em contato para agendar a visita do Corpo de Bombeiros Militar do Distrito Federal (CBMDF).


Como funciona a visita domiciliar?


A coordenadora explica que a equipe do CBMDF, no dia da visita, recolhe os potes de leite coletados pela própria doadora. “Caso a mulher tenha alguma dúvida em relação à extração, pode procurar uma unidade de banco de leite para receber as orientações”, informa. Todo o material necessário para a coleta é deixado na residência da doadora antes da primeira extração.


Importância


A doação é um gesto solidário e ajuda a salvar vidas diariamente. “O leite humano é o melhor alimento para qualquer criança e fundamental para os bebês que estão doentes, internados nas UTIs neonatais precisando do alimento. Ele traz nutrientes para o crescimento e desenvolvimento, além de auxiliar no processo de defesa imunológica das crianças”, ressalta a médica.


PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
Banner Solino.png
Gif-01.gif
quadrado_quasar.png

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE: