PUBLICIDADE:

Conplan aprova maior número de condomínios para regularização em uma única reunião



Durante a 183ª reunião do Conselho de Planejamento do Distrito Federal (Conplan-DF), mais cinco condomínios de Sobradinho II tiveram seus projetos de regularização aprovados. A marca é inédita para o conselho, que continua a realização dos trabalhos a partir de reuniões online.


Os parcelamentos Halley, Residencial Novo Horizonte, Residencial Sobradinho, Serra Dourada I e São Jorge foram aprovados pelos membros do Conselho em uma votação unânime, com 31 votos a favor. Os condomínios, localizados em área privada, são de responsabilidade da Urbanizadora Paranoazinho (UP), que é encarregada pela execução do processo de regularização dos condomínios dessa região, conhecida como Fazenda Paranoazinho.


Ao todo, os cinco condomínios concentram mais de 250 lotes, sendo 195 lotes residenciais e 64 lotes comerciais, com uma população média de 850 pessoas, que devem ser beneficiadas com a entrega das escrituras de cada lote regularizado.


A reponsabilidade pela aprovação dos projetos no Conselho ficou sob a responsabilidade da relatora Júnia Bittencourt, da Única-DF, e de Renato Ramos, representante da Casa Civil. De acordo com o relato, “ os parcelamentos seguem os pré-requisitos exigidos pelo Conselho, sendo elegíveis para prosseguimento do processo de regularização”.


Até o momento, doze condomínios de Sobradinho II, sob responsabilidade da Urbanizadora, foram aprovados este ano pelo Conselho de Planejamento. Durante a reunião, Ricardo Birmann, diretor-presidente da Urbanizadora Paranoazinho, elogiou os trabalhos do Conplan por alcançar esta marca. “Gostaria de elogiar aqui o trabalhos executado pela equipe técnica deste Conselho para dar celeridade aos processos de regularização não somente da UP, mas de todo o DF. Um esforço louvável que merece ser reconhecido”, pontuou.


O elogio veio logo após a aprovação dos cinco parcelamentos em debate, estabelecendo a marca de maior número aprovações de condomínio em conjunto pelos representantes presentes.


Após a aprovação pelo Conselho, os parcelamentos seguem para a emissão de Decreto do governo, permitindo assim o Registro em cartório para divisão dos lotes e entrega das escrituras aos moradores.

PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg

PUBLICIDADE:

20200603_anuncio_GDF.png
Caminito_300x300.jpg