PUBLICIDADE:

Condomínio Lago Azul terá 41% de desconto sobre valor do lote, afirma SPU.


A Secretaria de Patrimônio da União (SPU) publicou ontem, no Diário Oficial da União, a portaria 10.644 que estabelece uma nova metodologia de avaliação de lotes para venda direta em terrenos da União. De acordo com o documento, os atuais descontos concedidos pela Terracap serão levados em consideração para avaliação dos lotes. No Distrito Federal, condomínios como o Vivendas Lago Azul, no Grande Colorado, serão beneficiados pela nova portaria.

De acordo com o documento, o estudo de precificação dos lotes a serem regularizados terão um “procedimento relativo para definição do justo valor da unidade imobiliária da União, descontados o valor das acessões e benfeitorias do ocupante e a valorização decorrente da implantação dessas acessões e benfeitorias”.

A alteração acontece meses após a apresentação do primeiro laudo de avaliação da Caixa Econômica Federal sobre os lotes do condomínio Vivendas Lago Azul. O residencial, localizado no Grande Colorado, teve seus terrenos avaliados, incluindo os descontos, em aproximadamente R$ 304 mil reais, cifra que desagradou a comunidade por estar bem acima do valor cobrado Pela Companhia Imobiliária de Brasília – Terracap.

Procurando adequar os preços para a realidade do restante do DF, a portaria da SPU estabeleceu que “para os imóveis da União localizados no Distrito Federal, objeto de Reurb-E, a SPU poderá adotar a metodologia de valorização decorrente da implantação das acessões e benfeitorias definida pela Companhia Imobiliária de Brasília – Terracap”. Com a adoção da nova metodologia, o total de descontos concedidos sobre o valor total do lote chega a 48%.

Júnia Bittencourt, Síndica do Vivendas Lago Azul, comemora a medida. Para a síndica, a inclusão do desconto sobre o percentual de valorização, que equivale a 41,7% dos 48% de desconto, representa um avanço nas negociações para realização da regularização do parcelamento. “Ficamos extremamente felizes com a publicação da portaria, por acatar os critérios adotados pela Terracap e prevista na lei 13.465/17, especificamente a respeito da inclusão do percentual de valorização. Na planilha apresentada pelo órgão para o condomínio no mês de agosto, esse quesito não tinha sido levado em consideração”, pontua.

Também atuando na regularização de lotes no Grande Colorado, a Urbanizadora Paranoazinho (UP) continua a oferecer os melhores preços subsidiados da região. De acordo com o diretor-presidente da empresa, Ricardo Birmann, os preços aplicados pela UP “ são, em média, de 50% a 70% mais baratos quando comparados com os valores aplicados pela Terracap e SPU” Afirma o diretor. Segundo ele, “ enquanto a União oferece lotes subsidiados por um valor de R$ 180 reais o metro, nós conseguimos oferecer ao morador algo em torno dos R$ 90 reais por metro quadrado”.

#MAISNOTÍCIAS

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

20200603_anuncio_GDF.png
Caminito_300x300.jpg

Receba nossa newsletter

Jornal Nosso Bairro é um jornal da Editora Nosso Bairro

Siga o JNB:

  • Instagram JNB
  • Facebook JNB
  • Youtube JNB

Endereço

SCS, Quadra 7, Bloco A, 100

Edifício Torre Pátio Brasil

12º andar - Sala 1221

CEP 70307-902

Email:

Telefone: