PUBLICIDADE:

Cidade Urbitá no DF é apontada por consultoria americana como uma das principais "Cidades Startup"


A Cidade Urbitá, a ser construída na Região Administrativa de Sobradinho, a 10 km do Plano Piloto, é apontada como uma das principais referências em Cidades Startup do mundo pela consultoria Adrianople Group, especialista no estudo de Zonas Econômicas Especiais. A companhia fez um levantamento das cidades e projetos que atendem aos requisitos das Cidades Startups, a partir da definição da equipe de Balaji Srinivasan, PhD pela Universidade Stanford e nome forte no Vale do Silício americano. Segundo o estudo de Srinivasan, há três categorias de Cidades Startups: aquelas onde as startups acontecem, favorecendo a inovação e a experimentação; aquelas onde predomina uma mentalidade de startup, se desenvolvendo com dinamismo e ousadia; ou, ainda, aquelas criadas da mesma forma que uma startup, caso da Urbitá. À medida em que o movimento de Cidades Startups cresce, o Adrianople Group decidiu criar uma ferramenta para visualizar essa evolução, o Mapa de Cidades de Startups. Nele, o projeto brasiliense é descrito como uma cidade que “traz o conceito de metrópole polinucleada para o DF”, onde “Os novos centros urbanos oferecem uma gama variada de produtos e serviços à comunidade, gerando melhor qualidade de vida, empregos, renda e incentivos para a economia local, além de maior comodidade para quem mora nas proximidades”. Para Ricardo Birmann, CEO da Cidade Urbitá, o mapa traz uma visão global e atual das cidades e projetos urbanos que realmente fazem a diferença no âmbito da inovação e da sustentabilidade no mundo. “Ficamos muito felizes com o reconhecimento, pois todo o projeto está sendo gestado para oferecer uma experiência urbana transformadora, desde a infraestrutura, concepção arquitetônica e planejamento urbanístico. Já é uma referência para mundo e, em breve, também será para o Brasil”, destacou Birmann. Além da Urbitá, há mais cinco cidades brasileiras na listagem: São Paulo capital, Pedra Branca Cidade Criativa (em Palhoça, Santa Catarina), Smart City Natal (em São Gonçalo do Amarante, no Rio Grande do Norte), Smart City Aquiraz (em Aquiraz) e Smart City Laguna, (em São Gonçalo do Amarante, ambas no Ceará). O interesse de Srinivasan pelas dinâmicas urbanas é fruto de seu trabalho para o livro "The Network State: How To Start a New Country" (O Estado em Rede: como começar um novo país, em tradução livre), lançado em julho. Investidor anjo, empreendedor e ensaísta, ele foi sócio da Andreessen Horowitz, proeminente empresa de capital de risco que investiu em grandes negócios que afloraram na região, do Facebook ao Airbnb. Os dados do Adrianople Group sobre Zonas Econômicas Especiais fornecem pesquisa de mercado geopolítico e solução de inteligência de negócios para investidores, funcionários do governo, acadêmicos e demais interessados no tema. O mapa completo está disponível em: startupcitiesmap.com/map. Para conhecer mais sobre o projeto cidade Urbitá, basta acessar o site www.urbita.com.br

PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg
Banner Solino.png
Gif-01.gif
quadrado_quasar.png

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE: