PUBLICIDADE:

Baixa procura pela vacina chama atenção do GDF



O secretário chefe da Casa Civil, Gustavo Rocha, afirmou nesta segunda-feira (7/6), durante coletiva de imprensa no Palácio do Buriti, que 40% dos rodoviários do sistema público de transporte contemplados pela atual fase do plano de vacinação não procuraram postos de saúde para receber a primeira dose da vacina contra a covid-19.


O número de doses disponibilizadas para a categoria foi de 4 mil doses, sendo que apenas cerca de 1,6 mil pessoas ainda não apareceram para receber a vacina.


“O sindicato encaminhou a lista para a Secretaria de Saúde e 40% rodoviários que estavam na lista não foram vacinar. Então, lembrando, quem fez a lista foi o próprio sindicato dos empregados. Então, é importante que quando a gente abre a vacinação para determinado grupo, e a gente insiste muito aqui, a pessoa precisa procurar se vacinar”.


Gustavo Rocha lembrou que, no início da vacinação dos profissionais da Educação, 22% da categoria selecionada pela lista da Secretaria de Educação também não foram imunizadas. Na categoria de pessoas com deficiência, segundo ele, das 22 mil doses disponibilizadas, apenas 7.667 foram aplicadas, menos da metade do direcionado.


O GDF reforçou que as doses não aplicadas serão redirecionadas para outros grupos prioritários. Comitê Gestor de Operacionalização da Vacinação contra a Covid-19 quer estabelecer data limite para a imunização. De acordo com Gustavo Rocha, quem não vacinou nesse período ou quem não agendou pode perder a dose, a não ser que justifique o motivo para a ausência.

PUBLICIDADE:

anuncio_la_salle_vertical_retangle.jpg

PUBLICIDADE:

20200603_anuncio_GDF.png
Caminito_300x300.jpg