PUBLICIDADE:

Análise da Fiocruz libera 300 mil kits de testes rápidos doados ao GDF



Os 300 mil kits de testes rápidos para detecção de anticorpos IGM de Covid-19 doados ao Governo do Distrito Federal estão liberados para uso. O material, recebido pela Secretaria de Economia, passou pela análise do Instituto Nacional de Controle de Qualidade em Saúde da Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz). No valor total de R$ 8,5 milhões, a doação partiu de um pedido do governador Ibaneis Rocha, que determinou à Secretaria de Economia a operacionalização do processo.


Acompanhado pelo diretor do Laboratório Central de Saúde Pública do DF (Lacen), Jorge Antônio Chamon Júnior, o secretário de Economia, André Clemente, foi a Itajaí (SC) receber o material, transportado em caminhões refrigerados. Os testes chegaram ao Distrito Federal no dia 2, tendo sido encaminhados à Secretaria de Saúde (SES), que solicitou a análise técnica à Fiocruz.


Foram realizados testes em dois kits, cada um com 50 exames. O laudo mostra que o resultado encontrado pela equipe técnica está de acordo com o declarado pela fabricante, Hecin Scientific. Em 28 amostras clínicas positivas de Covid-19, foram encontrados apenas quatro resultados falsos positivos (87,5% de acerto), enquanto 72 amostras negativas também geraram quatro falsos negativos (95,81%). Com a aprovação, os kits estão disponíveis para testagem em pacientes que apresentarem sintomas da doença do oitavo ao décimo quarto dia.


Rede pública oferece

Diferentemente do modelo usado até agora, esse tipo de exame detecta, em plasma ou soro, anticorpos IgM que são retirados por coleta de sangue venoso, com as amostras passando por um processo de centrifugação. Os pacientes com sintomas gripais poderão procurar, na rede pública, as  as 173 unidades básicas de saúde (UBSs) da rede pública, que farão a coleta de sangue.


Como a maioria das UBSs não dispõe de estrutura para centrifugação, as unidades serão responsáveis por encaminhar as amostras aos respectivos laboratórios de referência em cada região. Os resultados dos testes sorológicos saem entre 15 a 20 minutos. Contudo, como o exame será processado em um laboratório fora da UBS, a expectativa da SES é que, devido à logística, seja entregue em até 48 horas.


Quem tiver sinais da doença causada pelo novo coronavírus deve procurar a UBS mais próxima de casa, onde, se for o caso, poderá fazer o teste mais indicado pelos profissionais de saúde.  No caso dos exame doados ao GDF, a indicação é para a partir do décimo dia de início dos sintomas, até o décimo quarto dia. A produção de anticorpos IgM contra a Covid-19 começa entre o sétimo e o décimo dia após a exposição viral, sendo o décimo quarto o pico do nível de IgM, que começa a diminuir posteriormente.


O usuário que tiver o número de cadastro na Secretaria de Saúde e a senha para acesso poderá pegar o resultado no portal. A UBS também entrará em contato com o paciente para informar o resultado, como já é feito com os testes RT-PCR, mais conhecidos como swab (quando um cotonete é usado para colher amostra da mucosa do fundo do nariz).

Saiba mais sobre os testes e veja, no site da SES, onde fica a unidade de saúde mais perto da sua casa. O paciente poderá consultar o resultado on-line no  Portal de Exames.

PUBLICIDADE:

PUBLICIDADE:

20200603_anuncio_GDF.png
Caminito_300x300.jpg

Receba nossa newsletter

Jornal Nosso Bairro é um jornal da Editora Nosso Bairro

Siga o JNB:

  • Instagram JNB
  • Facebook JNB
  • Youtube JNB

Endereço

SCS, Quadra 7, Bloco A, 100

Edifício Torre Pátio Brasil

12º andar - Sala 1221

CEP 70307-902

Email:

Telefone: